5.1.16

ainda sobre o novo ano

nos meus objetivos para este ano esqueci as metas utópicas e desafios com grandes números. este ano quero viver em surdina, guardar só para mim o mais importante, incluindo os meus desejos. mais do que fazer coisas à toa para superar desafios, quero dedicar-me às coisas que me dão realmente prazer: ler certos livros que tanto adio para depois, visitar certos lugares que sempre me fascinaram, conhecer pessoas que me fazem sentir bem. mais do que riscar itens de listas, quero chegar ao fim do ano orgulhosa na pessoa que fui.

1 comentário:

A. disse...

Um bom ano 2016! :)