9.9.15

Cheguei. Entrei e fechei a porta. Olhei em silêncio este que vai ser o meu novo lar. Nunca sabemos o que nos espera quando damos o primeiro passo num novo caminho, embora nós esperemos sempre algo (e por norma é sempre tanto...). Carreguei as malas até ao quarto mas nelas trouxe apenas a bagagem que escolhi. Deixei para trás tudo o que não era essencial, nesta nova vida trago apenas o que quero e quem me faz bem. É sempre estranho criar novas rotinas, decidir o que fica em cada lugar, arrumar uma vida toda em poucos metros quadrados. Ainda agora cheguei e já me sinto em casa. E é tão bom quando assim é.

2 comentários:

nês disse...

Que lindo! vou seguir-te!

simba disse...

Mereces tudo de bom <3