11.9.15

Às vezes imagino como seria se também aqui estivesses. Tento imaginar-te integrado nesta realidade que é só minha e tento adivinhar-te as reacções. Como seria se conhecesses todos os meus amigos? Ias gostar deles? Eles iam gostar de ti de certeza, vejo-vos facilmente a discutir futebol e a chatearem-se por causa da política. Como seria se tivesses de cozinhar todos os dias? Estou certa que me pedirias para dividir tarefas e serias um profissional a lavar a louça - só para não passares fome. Como seria se os meus lençóis fossem permanentemente os teus? O teu perfume ia-se misturar com o meu, houvesse tal fragrância à venda e compraria-a para nunca mais sentir saudades. No meio de todos os cenários hipotéticos, resta a certeza de que seríamos tão felizes como agora. Talvez mais próximos, talvez mais cúmplices, mas felizes. E a felicidade que me trazes tem tanto de intensa como de única.

Sem comentários: