10.7.15

A verdade é que só vemos o que queremos ver, colocamos lentes especiais que foquem o que nos interessa e desfoquem o que não nos convém. Floreamos as histórias para nos salvar da culpa, como se assim saldássemos as contas e nos poupássemos de sofrer as consequências da escuridão que fomos causando. Nem sempre há como reparar os danos, por isso não nos devemos esquecer, nem sempre as segundas oportunidades nos são favoráveis.

1 comentário:

Eros disse...

Essa assunção revela maturidade.
Parabéns Mariana, és efetivamente uma menina/mulher perspicaz, sensível e inteligente na forma como calcorreias os trilhos que adoptas.
Um beijo, minha Querida.