5.2.15

Até há uns anos a tradição era, em noite de aniversário, jantarmos fora sempre no mesmo restaurante. Somos três, e três vezes por ano rumávamos àquele restaurante. Apenas três vezes lá íamos, e fomos durante uns dez anos. Os meus pais chegavam do trabalho cansados, e para quebrar a rotina e não deixar ninguém ainda mais aborrecido saíamos de novo de casa e íamos festejar em público. Tenho a certeza que naqueles dias todos no restaurante nos invejavam a felicidade. Há cerca de cinco anos, quando eu cresci e comecei a cozinhar, esta rotina alterou-se. Foi uma surpresa para a minha mãe, a primeira do ano a comemorar o acrescentar de mais um ano. Depois tornou-se tradição sem que alguém decidisse, apenas aconteceu. Ontem foi dia de aniversário e eu, mesmo que doente, passei a tarde na cozinha. Aconteça o que acontecer ninguém os vai tratar melhor do que eu.

Sem comentários: