25.1.15

É sempre tudo mais seguro no interior do teu abraço. Mais poético talvez. Não precisamos de falar e ali gosto de passar horas em silêncio, apenas a trocar olhares e sorrir. Há muito de sensual (talvez até sexual) numa troca de olhares intensa, despem-te com o olhar e tu consentes sorrindo. Eu consinto. Fecho os olhos e sinto-me em casa. Pergunto-me como serão os dias sem a tua presença mas custa-me sequer  conceber tal realidade. Nem todos têm a capacidade de acolher à distância e tu tens. Fazes-me sentir abraçada sem me veres ou tocares. Não é só por isso que te amo, mas ajuda.

4 comentários:

Ana Marisa disse...

Tão bom, minha linda :)

Cláudia S. Reis disse...

Vocês têm um amor único e tão bonito! Que sejam sempre assim tão felizes, é o meu maior desejo :)

Hanna disse...

Que bonito!
r: obrigada (:

nês disse...

Então, nunca me calarei...