31.1.15

De quem me faz ser pessoa

Escrevo-te hoje, em vésperas do teu aniversário, par te fazer a homenagem que mereces. Sabes que não te digo tantas vezes como devia o quanto te adoro, mas também não o dizes. Somos demasiado parecidas para nos completarmos, daí os choques constantes, as discussões muitas vezes sobre nada... Talvez não saibas mas admiro-te, por teres conseguido ultrapassar tantos dramas passados, por nunca teres baixado os braços, por quase teres morrido para me por no mundo... Essas coisas não se agradecem, ficam presas na cumplicidade de um sorriso que só nós entendemos. Sabes que sou a pessoa que mais te ajuda no mundo, que te apoia em todos os projectos e com franqueza te diz que não deves avançar. E tu és quem me abre os olhos, és tu que sabes os meus planos para o futuro - mesmo aqueles que ainda a mais ninguém confessei. Acima de tudo obrigada, por estares sempre cá e por me dares a certeza que nunca me falharás.

3 comentários:

Cláudia S. Reis disse...

E que essa relação se torne cada vez mais próxima, mais forte!

patrice disse...

É bom termos ao nosso lado uma pessoa assim, que mesmo com todas as diferenças, olhará sempre por nós!

Sofia Alves Cardoso disse...

Que lindo, Mariana :) Acho que sei a quem te referes e eu também sou como tu nesses aspeto de ficar calada e dizer o que sinto. Mas o amor que se sente não é só nas palavras mas nas ações e certamente ela perceberá :)
Beijinho