7.1.15

Agora percebo que escrever só faz sentido se o fizer para mim em vez de tentar agradar os outros e se deixar de me preocupar com as más interpretações dos outros.

2 comentários:

Eros disse...

A escrita deverá ser sempre uma expressão supra-pessoal. Deverá ser um auxiliar de purgação de tudo aquilo que nos habita, sob todos os prismas, convencionais ou inconvencionais.

Escreve sempre para ti e enleva-te através das palavras.

Cláudia S. Reis disse...

E é isto! *Palmas*