2.9.14

02 sofá

É certo e sabido: no meu dia de anos só ao final da tarde me sento no sofá. Gosto de passar o dia ocupada, perdida entre as coisas que me fazem feliz, perdida com as pessoas fantásticas que me acompanham. Sorrio sempre bastante, barrigadas de riso para a nossa mesa por favor! Hoje não foi excepção: pequeno-almoço em família, almoço com os amigos que me são irmãos. Se me perguntarem porque gosto tanto de fazer eu anos, eu respondo-vos com outra: serei a única a ter ao meu lado as pessoas mais especiais que me fazem sentir amada e completa neste dia?
O final do dia fica reservado para as chamadas, para as cartas e para os textos que me dedicam, para as lágrimas que caem e formam um quase mar, que são parte de mim, Mariana. 

Dizem-me assim: Acho, sinceramente, que toda a gente merecia ter uma Mariana na sua vida. Reformulando, porque nem todos te merecem: todos precisavam de te ter. Não sabes o poder que tens, julgo. Nem eu sabia até te ter, de facto, a habitar perto de mim e a ser-me companhia.

2 comentários:

Cláudia S. Reis disse...

E que continues assim tão feliz em todos os outros dias :) Tu mereces!

Lúcia disse...

todos precisam de uma Mariana, sabes bem