25.8.14

Não olho apenas para as grandes provas de amizade ou amor mas também não faço vista grossa aos pequenos gestos de carinho com que sou brindada. Aquela vontade de estar presente em dias especiais, os desabafos e pedidos de conselhos, os mimos e cuidados que sabem que gosto. Podia passar despercebido, mas não comigo. Anoto estes carinhos sem caneta e papel, na memória e no histórico das relações. Não me esqueço.

2 comentários:

Cláudia S. Reis disse...

E eu não me esqueço daquilo que me dás. És especial :)

Lúcia disse...

no fundo ser amigo também passa por aí :)