19.4.14

Já não sou a menina dos textos românticos nem das metáforas bem conseguidas. Já não sou a menina que distribui amor em cada palavra porque as escreve com a urgência de quem ama e tem de as deixar aqui, por escrito, para que nunca se esqueça. Já nem sequer corro para aqui quando tenho uma ideia. Agora escrevo mentalmente. Fico no meu quarto, em silêncio, a fazer frases, construir textos e alinhar pontos e personagens que nunca passarão para o papel. Talvez tenha deixado de querer fazer algo que fique na memória dos outros quando me ausentar. Talvez agora queira apenas as coisas na minha memória, a habitá-la.

7 comentários:

Raquel Neves disse...

Adoro. Completamente isto... talvez sejamos nós a crescer!

Raquel Neves disse...

ps.: adoro o fundo do teu blog! :D

Cláudia S. Reis disse...

E é bom mudar. Principalmente quando a mudança nos ajuda a crescer :)

TDelMona disse...

que texto lindo. já me senti assim... na altura que deixei o meu blog deixei mesmo de escrever. mas espero que tu não o faças porque gosto tanto mas tanto da tua escrita. beijinho grande

TDelMona disse...

que texto lindo. já me senti assim... na altura que deixei o meu blog deixei mesmo de escrever. mas espero que tu não o faças porque gosto tanto mas tanto da tua escrita. beijinho grande

Patrice disse...

Epa como eu te compreendo, comigo também acontece isso!

E epa como eu adorei o teu blog!! Parabéns mesmo, tens aqui um grande blogue, super bem conseguido! Já estou conquistada (e viciada), já só quero devorar as tuas palavras! Continua este teu excelente trabalho Mariana! Mais uma vez parabéns, já tens fã :)

Pipa disse...

gostei muito disto.