12.2.14

Não escrevo para pessoas do passado. Não porque não goste, não porque não queira, simplesmente não sinto necessidade. Nunca os rumos que aqui traçar alterariam o caminho que seguimos. Não adianta de nada, então, debruçar-me sobre o passado e as suas pessoas. Elas estão em mim e vejo-as sempre que me olho ao espelho, com calma, procurando marcas e cicatrizes. Não as escondo, mas também não as faço sobressair. 

2 comentários:

Blackbird disse...

Adorei, completamente, o texto :)

R: Fico contente por te ter inspirado ♥

Esther Meira Dias disse...

Ola Mariana, ao tempo, que saudades..
As vezes nao da jeito ser activa. ou por falta de tempo ou por falta de palavras. e confesso que talvez nao seja o sitio indicado para me expressar, visto ja ter tido um passado nele. mas quando estamos apaixonados nao ligãmos a isso. so depois, ños momentos em que nos desligãmos e isso nos vem a cabeça por segundos.
estas boa?