5.1.14

Há pessoas que nascem em nós muito tempo depois de terem nascido para o mundo. Nascem para nós quando se mostram, se revelam aos poucos e na lenta valsa da descoberta fazem par connosco e acompanham-nos no ritmo. Devemos aceitar que nas relações ninguém deve impor o seu ritmo, ninguém se deve sobrepor. De mãos dadas e olhos fechados vamos embelezando a pista. Sabiam que para quem ama qualquer sítio é bom para dançar?

2 comentários:

mariana disse...

danças muito com o teu amor?

Sophie Coldheart disse...

Adoro sempre o que aqui deixas escrito! Tens um talento enorme :)