23.12.13

É Natal em mim. Um Natal diferente, mais desinteressado. É Natal e só quero mimar quem me é querido, sem nada em troca. Por prendas, palavras ou actos, o que eu quero é dar uns dias tranquilos a quem me rodeia. Este ano não pedi prendas a ninguém. Este ano, se me perguntarem, eu não sei o que gostava de receber. Talvez paz e muitos sorrisos. Por isso me dedico tanto aos outros: só assim terei o melhor presente de Natal. O sorriso de todos. Presentes.

Sem comentários: