4.10.13


Aconteça o que acontecer é sempre aqui que nos encontramos. Convergimos ao fim do dia neste lugar que é só nosso, esta fortaleza psicológica onde nos recostamos no divã e nos analisamos mutuamente sem que seja dita uma única palavra. Ocasionalmente trocamos de posições, despes a minha pele para vestires a tua com aquilo que sou, viver deste lado da ponte não é fácil mas no fundo tu sabes isso porque a ponte ruiu e ficamos presos do mesmo lado, lado a lado, e o silêncio tornou-se abrigo.

5 comentários:

Emilie Lorena disse...

A vida é bem mais simples quando se partilha!

Relojoeiro disse...

Que bonito. :)

Rita Valente disse...

Só agora, depois de recuperar a minha avó de uma semana e meia presa no hospital, é que percebi tudo o que já aprendi com ela e tudo o que nos une. E elas só têm coisas para nos ensinar, sem dúvida!

Rita Valente disse...

Aproveito sim, muito obrigada! ♡

emma disse...

encantas-me <3