13.8.13

Um dia, numa rua, havemos de trocar olhares. Dar-me-ás um sorriso e eu talvez não o retribua, mas vou guardá-lo em mim. Desconhecido que um dia olharei com o coração, não estejas a olhar para o chão quando esse dia chegar nem em nenhum dos outros dias: o Sol não está perdido entre as pedras da calçada.

4 comentários:

mariana disse...

quando escreves não tens noção da felicidade que me trazes!:)

patrice disse...

que doce!

Margarida disse...

adoro

emma disse...

que belo <3