3.8.13

Ser-se Mulher

Escrevo-te à beira-mar e as palavras fluem com o aproximar e recuar da maré. É quando estamos realizados que mais observamos o passado na busca do caminho que nos trouxe a paz de espírito.
Sou Mulher, e como tal sei que nada na vida é definitivo: tudo em nós, mulheres, acontece por fases, movemo-nos em ciclos. Se me perguntam o que é ser-se mulher eu não sei o que devo responder.
Os Homens acham-nos complexas: não sei se é por respeitarem o nosso mistério ou por não quererem ser bombardeados por perguntas. Porque ser Mulher também é isso, absorver todo o universo em cada inalação e mesmo assim querer mais. Quando nos damos conta de que o universo é complexo, como nós, questionámos até termos a resposta para todos os porquê.
Sentir que somos parte do mundo e que o mundo é um pouco mais rico porque nos tem a nós faz das Mulheres seres mais confiantes. A falsa sensação de presença eterna que damos aos homens, a tal com a qual alimentam os seus egos e se sentem superiores a nós, não passa de um jogo de xadrez  mental em que nós somos o cérebro e eles os peões: no momento em que acham que nos têm nas mãos movemos umas peças e fazemos o xeque-mate.
Julgam-nos sensíveis e, por isso, fracas. Aceitamos a premissa mas rejeitamos a conclusão, contrariando-a. Somos fortes pelo amor: amor de mãe, amor de namorada, amor de avó, amor de amante. Ninguém ama como as Mulheres porque o ridículo não nos assusta. Dizemos juras de amor em frente a toda a gente, amigos ou desconhecidos, como as dizemos depois do sexo divino que nos tirou as forças e nos desassossegou a respiração. E não amamos mais ou menos a cada vez que o dizemos: o amor de uma mulher será sempre um diamante em bruto.
É a vontade de proporcionar o melhor a todos que faz com que as mulheres sejam mães e os pais sejam pais, e não o inverso. O espírito de sacrifício da Mulher devia ser considerado tão grandioso como o dos portugueses que morreram a caminho da Índia prometida. Porque sacrificam o que têm em nome do bem comum, mesmo que isso não as favoreça. Porque a maior recompensa será sempre o amor. O amor puro e intenso que só elas dão, mas não o sabem. O Amor que tanto procuram – o único motivo pelo qual ainda acreditam nos Homens.

4 comentários:

Lúcia Pereira disse...

o texto está mesmo lindo Mariana!

Cau disse...

E nestas palavras descreveste muito mais do que o que normalmente se entende por "mulher". Foste mais longe. Foste ao verdadeiro significado. E é com grande orgulho que leio este texto :) É com orgulho que digo (e gosto de dizer): sou Mulher!

Catarina Isabel disse...

Simplesmente , adorei ! Concordei com cada palavra tua. Está lindo!

Ana Rita disse...

adoro adoro adoroo