28.4.13

Se me permitires, falar-te-ei da minha casa de sonho. Das cores que gosto, das cadeiras confortáveis e da decoração pouco elaborada mas que me define. Já te falei das viagens, dos livros e do amor que vivo. Notas-me a felicidade nas palavras e depois dás-me prendas como esta. Chama-me estranha mas por vezes fico contente quando me dizem eu tinha pensado oferecer-te isto ou se eu pudesse levava-te a visitar este local. Porque se lembram de mim e sabem do que eu gosto. Essa ideia de entendimento basta-me.

4 comentários:

mariana disse...

o amarelo assenta-te bem.és luz

Raquel Neves disse...

Gosto muito! Tão doce...

Relojoeiro disse...

É realmente bom quando se lembram de nós e da nossa personalidade. :)
Boa semana!

Ana Rita disse...

QUE LINDO