13.3.13

Ainda me lembro de como eras. Se calhar lembro-me apenas da imagem que tinha de ti. Com o passar do tempo essa imagem desvaneceu e deu lugar a outra. Talvez a verdadeira, talvez a oculta. Por vezes ainda tempo perceber e procurar a essência que dantes transbordavas. Transbordas monotonia e inércia agora, e acredito que és mais do que isso, mais do que os espaços em branco entre as decisões e opiniões dos outros. Não sei és menos tu ou mais os outros. Não sei o que se passou. Se calhar o problema é que eu abri os olhos, ou se calhar eu apenas quero os outros com pelo menos uma parte do meu ânimo. Se calhar.

Sem comentários: