3.2.13

Ainda há dias bons


Ontem disseram-me "Bom dia"  de manhã cedo. Não lhe vi a cara porque o sol não deixou, mas ainda fui a tempo de lhe ver o sorriso. Sorria e não parecia ter motivos. De meia idade, aquela pessoa escolheu-me para me dar um sorriso. E eu recebi-o e guardei-o. 
Hoje eu acordei a sorrir e quero distribuir sorrisos pelo mundo. Quero que um dia alguém se lembre da rapariga que sorriu o dia todo, a vida toda. Essa sou eu.
Ontem eu acordei com vontade de adormecer de novo porque sabia que ia chorar. Mas aquele senhor provou que a vida nos dá muito sem estarmos à espera. Ontem eu chorei tudo, chorei e libertei tristezas para que o que há de bom continuasse a crescer em mim. Sorrisos que renasceram das cinzas e eu que dormi sobre o amor. 

5 comentários:

raquel sousa disse...

Um sorriso para ti princesa, tem um óptimo dia :)

nicolemorais disse...

Maravilhoso!

Rita Cardoso disse...

que bom! meu deus, o que um sorriso faz c:

joana disse...

Eu também! :)
Adorei o texto, tão bom sorrir e oferecer sorrisos, não é? São coisas pequenas mas que fazem uma grande diferença!

Margarida disse...

que se passa querida?