12.1.13

Nunca seremos convencionais porque não está nos nossos genes. Quem nos conhece não espera de nós nada mais do que brincadeiras. Mas nós, conhecendo-nos como nos conhecemos, sabemos juntar amor e ternura às coisas mais simples. Um sorriso despido de qualquer máscara é o melhor que temos para dar. Na verdade ninguém conhece e por isso ninguém percebe. Tu, amante de beijos e eu amante de carinho. Eu que tanto falo em ti sinto-me sem palavras. No nosso silêncio sinto que nada mais precisa de ser dito. Mãos enlaçadas e o futuro vai-se construindo. Serões onde só as estrelas nos conseguem acompanhar enquanto a chuva cai e nos sentimos realizados. Transbordo felicidade e sorrisos para quem quer que por mim passe porque todos precisam de amor e de histórias para contar.

3 comentários:

Maria João Cardoso disse...

adorei (:

mariana disse...

" No nosso silêncio sinto que nada mais precisa de ser dito": Esta frase disse tudo minha querida.

Escreves tão bem!

Muitos beijinhos*

Sara C disse...

Adoro! Está mesmo bonito!