7.12.12

Coloco-me a caminho sem saber destino, sem horas marcadas. Liberdade também é ter muitos rumos e escolher o desconhecido. Não sei o que me leva a sair mas sinto-me a flutuar sobre nuvens puras e simples. simplicidade do mundo que capto com o olhar. Simplicidade que nunca é acompanhada pelo interior da minha mente. Paro e tudo o que ouço é silêncio... O caminho nem sempre é em frente e a linha recta que me impõem por questões de segurança são tocados, várias vezes, pelas curvas positivas ou negativas do meu bem-estar intermitente. Mas para ser livre é preciso ter coragem.

5 comentários:

Margarida disse...

escreves lindamente, doce. sabes bem disso...

mariana disse...

é mesmo preciso coragem minha querida. obrigada pelos elogios e pelas palavras de conforto. Obrigada obrigada obrigada, partilhas este carinho que não se esgota das marianas :)

Um beijinho grande*

mariana disse...

é preciso arriscar. gosto muito

nicolemorais disse...

Meu doce, tens um selo para ti no meu blog*
Está lindo, e que tenhas sempre essa coragem para ser feliz

Rita Cardoso disse...

está lindo! penso muitas vezes neste tema, expressas-te-te muito bem c: