4.11.12


Bastava uma palavra. Mas sempre fui eu a dar a entoação aos silêncios que gritavas aos meus ouvidos.