7.10.12

Pássaros-Livres #4


O caminho ainda é longo e os pés já nos começam a falhar. Sim, somos pássaros, mas por vezes liberdade também é sentir os pés no chão e perceber que isso pode ser mágico. Pé ante pé, andámos de pontas para que ninguém dê pela nossa presença. Estão habituados a ver-nos no alto e por isso não entendem porque pisámos o solo firme. A viagem tem sido longa. Desde que partimos já aprendi muito, e gostava de o partilhar contigo. Aprendi que temos de lutar a cada dia. Para os outros são pequenos passos e não surtirão efeito mas para nós é uma travessia enorme e um motivo de orgulho. Aprendi que se acreditarmos realmente naquilo que defendemos os outros acabam por juntar-se a nós. Parece estranho, não é? Coisas tão pequeninas e eu aqui a contar-te como se fossem descobertas históricas... Para mim são. A história de cada pessoa escreve parte da história da humanidade. E a tua história vai escrevendo parte da minha.

Um pequeno esboço de como o simples pode 
tornar-se complexo, Cláudia

7 comentários:

Aurora disse...

tão verdade não é marianinha? ainda bem que me entendes.

adorei <3

Margarida disse...

"A história de cada pessoa escreve parte da história da humanidade. E a tua história vai escrevendo parte da minha." a minha parte favorita, sem dúvida <3

Liliana disse...

achei uma ótima ideia! eu, uma prima mais nova a descobrir o mundo?

bloom disse...

um lindo texto.

Aurora disse...

nâo tens de quê <3

may rose disse...

é verdade sim :/

Margarida disse...

o meu mundo desabou, de vez. não te preocupes comigo pois ninguém preocupa.