7.10.12


Este é um dos livros da minha vida. Foi ele que me fez companhia quando a minha mãe foi pela primeira vez ao médico quando descobriu a doença que tinha. Foi ele que me acompanhou em várias sessões dos meus tratamentos de fisioterapia e foi com ele que me declarei ao André. Acho que nunca o partilhei aqui, e hoje ao ler uma postagem sobre o livro lembrei-me. Ele tinha dito que gostava de mim, mas eu tive medo de dar um grande passo e por isso disse que não era recíproco. Na altura em que comecei a ganhar coragem para fazê-lo, comprei o livro (eu já o tinha), ofereci-lho no dia 22 de Dezembro e disse para ele descobrir o significado de cativar, porque ele me tinha cativado. Ele leu o livro todo em voz alta enquanto estava em chamada comigo, e na noite de 23 para 24 chegou a essa parte. Quando percebeu, sorriu. Sete dias após lhe ter oferecido o livro começamos a namorar. Por isso, para mim, este livro é mesmo mágico. 


17 comentários:

Inês disse...

Que coisa tão linda e apaixonante, admiro-te

mary disse...

eu adorei, adorei o livro. mas a história que contaste... cativou-me! ahah :)

Tiz disse...

Que lindo *-*

nicolemorais disse...

Tão queridaaa:)

may rose disse...

essa é uma grande verdade, as pessoas só dão valor ao que têm quando perdem.. é pena :)

M. disse...

que lindo... sou apaixonada por histórias assim. e por livros como esse.. (:

Margarida disse...

mas mariana, tu não entendes aquilo que eu sinto. sem ele eu não sou nada, nem quero ser!

Margarida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Margarida disse...

existem sempre raparigas atrás da pessoa que eu gosto e desta vez não foi diferente. ele disse que não sentia nada por ela, que mal falavam e afinal namoram! namoram mesmo depois de ele me ter feito juras de amor eterno.

Esther disse...

recebeste o meu comentário?

Margarida disse...

quase! mas mariana, eu estou tão mal que já mudei o post milhões de vezes sem necessidade nenhuma.

Margarida disse...

eu não aguento! eu choro tanto... e só ele sabe cuidar de mim

may rose disse...

eu espero que sim pequenina, espero mesmo! :) também adoro o princepezinho, tem sempre umas frases tão acertadas!

Margarida disse...

tu não entendes! aliás, ninguém entende...

Esther disse...

OHHHH Mariana, tu és tão carinhosa..meu deus. Obrigado pela segurança e confiança que me dás. És realmente uma peça importante no meu blogue, sem os teus comentários não seria de certeza absoluta a mesma coisa. Obrigado por seres tão observadora e revelares maturidade e por descodificares cada caminho. Mereces paz**

bloom disse...

que história tão linda :))

Tiz disse...

Muito obrigada, foi no lançamento de um livro e toda a gente gostou muito :))
Querida, por fora eu estou sempre óptima, mas por dentro ando a remoer a mais de 7 meses, não me sinto completa, inteira... o que eu sou mudou e já ninguém é capaz de me fazer vibrar. As actuações são o melhor que tenho na vida e o desporto para além de um sonho é agora um vício. Não consigo passar dois dias sem fazer exercício físico, adoro correr ate a exaustão. Sentir-me cansada e ao mesmo tempo realizada. Enquanto faço desporto não penso em nada.
tenho treinos todos os dias e desporto na escola todos os dias também, ao domingo tenho aula de dança aérea e ao sábado desespero quando não posso fazer desporto.
Adoro correr pela praia, testar os meus limites, a minha resistência..
é por isso que gosto do contorcionismo, o meu corpo não tem limites faço dele o que quero e é somente isso e a escrita que me fazem sentir bem.
Uso o blog para desabafar daquilo que não deixo transparecer no dia-a-dia :)
e tu, como andas princesa?