4.6.12

O que eu gostava era de entrar dentro da tua mente. Furar-te o crânio com uma broca e penetrar até ao teu cérebro. Perceber o que se passa dentro dele. Mandar nele. Se o visse por inteiro, tirava os problemas que te ocupam, dissecava cada uma das tuas dúvidas até se tornarem em certezas. Mudava a forma como vês o mundo, e como achas que o mundo te vê. Eu só gostava de ser bicho para comer o bicho que te come.

7 comentários:

Rita . disse...

obrigada por seguires, gostei do teu, vou seguir de volta (:

Ana Margarida disse...

Gostei imenso, anjo.

Tiz disse...

adoro o texto!
as vezes também gostava de ser um bicho para poder comer o bicho que existe dentro de certas pessoas!

inêssilva* disse...

gosto muito minha princesa :)

Ana Margarida disse...

Claro que sim, seria um prazer!

Patrícia disse...

adorei mariana :)

Mel disse...

correu sim princesa, e espero que o teu também tenha sido óptimo