17.6.12

dos extremos do amor

Amar também é suportar as coisas más. 
É estar magoado e não desistir, 
é ver alguém magoado, 
a cortar todas as hipóteses que lhe damos para sorrir, 
e não desanimar. 
Amar é saber discutir, 
e saber parar.
Saber falar, mas aprender a calar. 
Amar é sorrir e chorar, 
Vencer.
E é também espremer as derrotas nas nossas mãos,
até lhe conseguirmos tirar o sumo: a lição.

8 comentários:

Rita disse...

Concordo a 100% :)

Rita disse...

A irresponsabilidade humana não tem limites querida :)

Rita disse...

Existem pessoas para tudo, e a verdade é essa

Tiz disse...

eu não estava cá quando disseste aquilo no meu blog, que se passa? :x

Raquel Neves disse...

É verdade!

mariana guerra disse...

o obg, mt obrigada mesmo *-*

caroline pipi disse...

concordo plenamente!

caroline pipi disse...

já tive e o resultado foi ''acho melhor darmos um tempo''.