9.6.12
















A determinação torna-se escassa
E o medo esmaga-nos por dentro
Falta o ar e a coragem,
Mas pára, deixa-te disso
Cabeça erguida para ver o Futuro.
Arrepende-te do que fazes e não do que não fizeste.

5 comentários:

Inês disse...

eu não diria melhor!

inêssilva* disse...

ó minha princesa, minha princesa , contigo não dá para baixar a cabeça nem para apertar os cordões, é sempre de cabeça erguida! o que não nos mata, torna-nos mais forte!

Nina disse...

Tendo fazer do não-arrependimento um lema para minha vida, uma espécie de mantra a ser seguido.
É por isso que corro o risco de fazer, com medo de arrependimentos futuros.
Sou uma leitora brasileira apaixonada por Portugal. Gostei muito de tua escrita. E voltarei, Mariana.
Abraços.

Maria João Cardoso disse...

ai que lindas o:

Inês disse...

oh, muito obrigada. que querida.