17.5.12


Só há uma situação em que oscilo tão rápido como quando alterno entre o sorriso e a lágrima: quando alterno entre a lágrima e o sorriso.

11 comentários:

cláudiagomes. disse...

armar confusão e levar nos olhos.

ana disse...

ainda bem :') gostei*

cláudiagomes. disse...

eu também.
alias, fui um dos casos durante 2 anos e agora só th monstros na cabeça.

cláudiagomes. disse...

sabes que a minha relação com o João acabou por causa disso? eu meti na cabeça que ele me escondia alguma cena em relação a ex-namorada e fui tipo... super bruta com ele. a acusa-lo mesmo disto e daquilo. E, eu já tinha tipo errado bué antes, sabes? tipo, não consegui dar o melhor de mim. E, este erro foi fatal mesmo. E, o pior? depois do fim, conclui que não havia nada a temer. nem a esconder. apenas é um assunto que o magoa e ele evita-o... E, pronto...

cláudiagomes. disse...

Deixamos de falar uns dias. Porque eu e ele quando precisamos de espaço afasta-mo-nos mesmo. E, agora, estamos a falar, tipo... a ter aquela conversa sem brutalidades ou atirar uma ou outra cena a cara um do outro. Porque ele e eu fervemos em pouca água. Mas, magoei-o mesmo, Mar. Se uma pessoa te tivesse sempre a magoar, voltavas por muito forte que tenha sido? Não, não voltavas. E, até poderias querer perdoar mas essa parte é mais pequena. Ele também me magoou como é obvio.. mas, se o fim existiu, foi por minha culpa e admiti-o. Não me culpo demasiado mas sim o suficiente.
Nunca tive o meu primeiro amor, sequer. E, o João... sei lá. Se eu disser que o foi, ainda me achas maluca.

cláudiagomes. disse...

neste caso, não rimou. Fazem uma sintonia perfeita.

Ana Margarida disse...

Oh meu doce, também eu. Hoje, estou mesmo, mesmo bem! Mas e tu? Não me pareces bem com este teu post..

cláudiagomes. disse...

não há nada para descobrir nem nada para atravessar ou enfrentar. Ele não volta e eu sou uma otária.

cláudiagomes. disse...

e, tu, como estás? este post...

cláudiagomes. disse...

*vou fingir que acredito*

ana soares. disse...

gostei do teu blog! sigo, linda*