20.5.12

No dia em que te esqueceres da tua primeira negativa, do teu primeiro beijo e do teu primeiro concerto, estarás perdido. No dia em que deixares de ficar acordado antes de adormecer a imaginar finais e inícios  de dia com quem amas, estarás do avesso. Quando amares o teu trabalho e partilhares o tempo com a tua companheira por hábito, estarás trocado, Quando deixares de te rir com os amigos, de tirar fotografias sem sentido só porque sim e de achares que podes mudar o mundo, vais ver que deixaste a tua vida passar-te ao lado e o mais importante, bem, o mais importante já não será recuperado.

15 comentários:

Raquel Neves disse...

Oh Mariana que sabedoria aqui tens. Lindo!

Inês disse...

oh, tão verdade! há momentos que não se esquecem, os maus apagamo-los da memória mas os bons deixamo-los lá por muito, muito tempo.

Tiz disse...

Adoro o texto.
Beijinhos querida :)

Lia disse...

ADORO! é bem verdade

Maria João Cardoso disse...

as fotos foram prai à dois meses (:
o tempo estava bem melhor que agora!

joana disse...

Que grandes verdades aqui dizes!

Ana Margarida disse...

É mesmo isso, meu amor. Estás mesmo? <3

bam disse...

Desejo que esse dia nunca chegue! Lindo

caroline pipi disse...

assim espero, querida.

Ana Margarida disse...

Está tão lindo.

Ana Gonçalves disse...

é mesmo verdade :)

disse...

tenho mais fotos, e tenho videos. vou ver se ainda hoje consigo postar algumas coisas linda (:

ana soares. disse...

eu conto-te mais tarde. eu depois dou-te o meu e-mail, é que prefiro falar por lá. :)
ah, e tenho uma novidade boa, e outra má. :(

Maria Inês. disse...

Concordo tanto o que escreves aqui. Às vezes ninguém percebe o porquê de eu recuar ao passado. Sei que em certas coisas até me faz mal, mas sabe tão bem saber que vivi determinadas coisas, recordá-las. Sabes tão bem adormecer e a pensar nas coisas que fiz, o que bem que me fizeram. Adorei, obrigada por escreveres aquelas coisas que eu preciso mesmo de ler, para perceber que afinal não sou única no mundo a pensar como penso. :)

Mariana Fernandes disse...

parabéns pelo texto.. mesmo!