3.4.12

Quero ver quanto tempo vais aguentar essa guerra. Declaras-me guerra, mas não tens coragem de me dizer o porquê, e se queres que te diga, não me importa. A vida ensinou-me que é tão burro quem come palha infinitamente, como quem lhe dá essa mesma palha. E embora bem a mereças, não te vou dar. Tens todo o direito de lutar, mas não contes comigo para ser uma oponente activa. Estou aqui para ver passar, para te ver cair e levantar. Desta vez não vão ser as minhas palavras a derrubar-te, mas sim a minha atitude. Imóvel, em silêncio. Auto-controlo e desinteresse em ti são as minhas novas características. Boa sorte!

12 comentários:

teixa pinto disse...

gosto muito*

mariana disse...

AI, Mariana. ou irmãs ou primas ou qualquer coisa.
compreendo tão bem isto. já nem vale a pena, não é? há pessoas que constroem as próprias armas...

teixa pinto disse...

de nada.

mariana disse...

e eu sinceramente já estou cansada de tentar fazer o contrário, vou apenas ficar no meu sítio a observar porque já foi tempo em que me preocupava... as pessoas constroem o próprio poço, enfim :s

mariana disse...

como compreendo! então a última frase... eu também, há pessoas pelas quais já não farei mais nada.
e claro, tudo depende da situação e da pessoa em si!

mariana disse...

eu também. "perdi" um amigo que nunca pensei perder... e tenho pena, sabes? mas chegas a um ponto em que já não consegues sentir tristeza, não como antes. tudo o que acontece torna-nos mais fortes e talvez seja preciso mesmo, para continuarmos em frente... as pessoas são todas diferentes, nós temos é q ser tolerantes e continuar a nossa vida como bem entendemos!

mariana disse...

lá está... depende muito de pessoa para pessoa, de situação para situação.
15 e tu?

mariana disse...

é o que eu digo, temos que ficar na nossa... é mau? é porque teve que acontecer, torna-nos mais fortes. o caminho é smp em frente!

Aurora disse...

gostei imenso. sigo :)

cláudiagomes. disse...

pois é :)

Ana Margarida disse...

É essa atitude que tens de ter, querida! E tens toda a razão. Já aguentei bastante ..

Ana Margarida disse...

É mesmo ..