5.4.12

Porque hoje é o teu dia e eu não vou passar por cá, para estar contigo. Para, tal como ontem, ver-te sorrir, nini. Tu princesa, tu que do alto dos teus 19 anos já me ensinaste tanto mas já te dispuseste a deixar-me ensinar tudo o que sei, mesmo que seja pouco. Tu, aquela pessoa que de tanto eu querer, de tanto eu gostar, me levas a ser dura contigo, a magoar-te sabendo que te estou a magoar. E isso custa, custa muito. Porque eu expludo, falo alto, grito-te que não podes continuar assim, que isso não te faz bem, que isso não é o melhor para ti nem para os que te rodeiam.Quantas vezes te disse eu que tu mudaste? E quantas vezes tu me provaste que não? Foram dois os momentos de desespero, em que quase desisti. Podes chamar-me fraca, mas caramba, por vezes dói ver como as pessoas estão e não saber lidar com elas. Não sabia qual o porquê de não conseguir desistir, de não conseguir simplesmente deixar de me importar contigo e deixar-te viver a tua vida. Um dia o disseram-me, sem rodeios, o motivo: tu gostas dela, e sabes bem, sentes bem, que ela também gosta de ti àmaneira dela. E deu-se o BUUUM e vi que não te podia deixar para trás, nunca! Mas a vida é feita disso mesmo, de avanços e recuos, de dias bons e dias maus, mas todos eles com amizade pura e um sorriso verdadeiro.
Eu acredito em ti, sabes? Eu sei que tu és capaz de mais, sempre mais. És capaz de tudo desde que acredites em ti e continues a lutar pelo que queres, tal como tens feito até agora. Sonhos todos temos, mas nem todos os realizamos. E tu, porra, tu vais realizar os teus! Tenho orgulho em ti, entendes? Não te conheço à mais de um ano e já te vi a crescer, a evoluir, a progredir.
Tu, que me fazes proteger-te como uma irmã mais nova, que me fazes querer puxar-te as orelhas e indicar-te o caminho que dói menos. Porque a mim também me dói ver-te sofrer. Porque faria tudo para não te ver sofrer. Sei que onde estás por vezes te sentes só, mesmo no meio de festas e de bebedeiras. Sei que por vezes o sorriso não é verdadeiro e custa-me que ainda te tentes camuflar comigo. Tu, que sabes ler, que escreves tão bem o que sentes de uma forma que constrasta com a tua postura.
De sorriso fácil, sempre de braços abertos para quem precisa, com um "estou aqui para ti!, ou com um "fala à vontade que não sai daqui", sei que te posso encontrar. Tu, a pessoa com quem posso ter conversas sem compromissos, e que são tudo o que precisamos por vezes.
A ti, Mélanie, desejo-te tudo de bom, desejo o mesmo ou mais do que desejo para mim. Porque a vida nem sempre vai ser fácil, mas até os mais fortes precisam de alguém que os proteja, e eu estou aqui para te proteger e para te ajudar a lutar na frente de qualquer batalha!
Parabéns nini!

6 comentários:

mariana disse...

mas que perfeito! é bom termos alguém assim, que apesar de tudo, de todos os obstáculos e problemas, tenhamos na mesma orgulho e podemos chamar de amigo! gostei mesmo, doce :)

BeatrizG. disse...

adorei o blog, sigo :3

Ana disse...

de nada linda :)

maria. disse...

Que texto lindo.

Ana Margarida disse...

Oh, que bonito. Parabéns nini!

Mélanie Almeida disse...

Já te disse o que penso sobre isto , e vais guardar só para ti. A ti um grande OBRIGADO por tudo, tens sempre aqui a nini a teu lado , I really love you <3