25.4.12

no dia da liberdade

Vamos lá ser claros: não é por não conhecermos na realidade as pessoas com quem tanto conversamos aqui, na blogosfera, que temos o direito de dizer o que quisermos. Porque se eu não gosto que na minha vida brinquem comigo, não vou brincar com ninguém aqui só porque não terei de me cruzar com essa pessoa. E se eu não gosto de ter "amigos de encher", também não gosto de ter "seguidores de encher". Dos 192  oficiais, creio que seguidores activos são uns 10, 15 no máximo. Se isso me chateia? Um pouco, porque acho que leituras de conveniência são inuteis, mas não é isso que me fará desistir. Conheci aqui pessaos fantásticas, com que me preocupo como com os meus maiores amigos e que me fazem abrir o seu blog assim que ligo o computador. Um obrigada às pessoas incriveis que ainda sobrevivem neste espaço!

7 comentários:

Ana Margarida disse...

Só faz falta quem cá está, não é assim? Nem ligues aqueles que só seguem por seguir.

Ana Margarida disse...

Claro, eu entendo :))

Ana Margarida disse...

Todos temos, mesmo!

patrícia disse...

é a melhor sensação de sempre! sinto-me tão feliz desde que estou com ele :')

claire disse...

disseste tudo aqui,tudo

caroline pipi disse...

este post está excelente!

m. disse...

disseste tudo, a sério que sim! as pessoas deviam ler isto e interiorizar cada palavra que aqui escreveste. para que serve ter tantos seguidores se depois nem metade nos lêem?