28.3.12

Amizades boas que eu ainda conservo. Porque quando eu amo eu até abdico das pessoas durante anos para que elas cresçam, para que mudem e não me façam querer perdê-las para sempre. E tu, tu ainda cá estás. Tu, a minha única melhor amiga, a quem tive coragem de atribuir o tal título sem medos. E algumas atitudes afastaram-nos durante poucos anos, e agora tenho-te de novo cá. E é bom falar contigo e ver que te marquei tal como tu o fizeste. Boa amizade a nossa, minha irmã!

2 comentários:

joana disse...

é bom ter amizades assim :)

m. disse...

as duas primeiras frases dizem-me tanto!