7.2.12

Podia esperar de ti palavras doces, mas por vezes as palavras doces só nos iludem. Podia pedir-te palavras frescas, palavras coloridas, palavras amenas, mas nada isso é o que eu preciso de ouvir. Diz-me coisas amargas, não demasiado amargas, mas amargas o suficiente para me abrir os olhos, um meio-termo. Por isso vem, vem e diz-me coisas amargas como os frutos. 

6 comentários:

mai disse...

Adorei (:

ana disse...

meu amor, quero-te bem.

Alice disse...

Oh princesa, está cada vez mais dificil.

patrícia disse...

adorei!

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

Alice disse...

Obrigada princesa <3