10.1.12


Passámos uma vida inteira a confundir sensações com sentimentos. Achamos viver sentimentos intensos e inexplicáveis a cada dia. Vivemos agarrados à ilusão de que nunca ninguém viveu sentimento tão assolador e verdadeiro como o nosso. E depois, num dia que prometia ser igual a todos os outros, o sentimento genuíno bate-nos de frente, entranha-se em nós até ao mais recôndito espaço livre da alma e faz de nós o que quer. Então percebemos que tudo o que vivemos até ali não passava de uma sensação fabricada dentro da nossa mente.

24 comentários:

Alice disse...

Adoro!

MARIANNE disse...

e é bom sentir isto?

cláudiagomes. disse...

é verdade, mariana!

wendy disse...

bem já tenho andado melhor, e ainda bem.

tatiana dias disse...

adorei!

Lia disse...

obrigada!

Alice disse...

É isso que estou a fazer doce... eu só decidi deixar de lado o que me faz mal (:

Lia disse...

é o que eu acho... e por isso é que acho que ele fez mal em tratar-me como me tratou hoje, eu não vi aquilo como amiga, mas como apaixonada e isso foi mau para mim :s

Lia disse...

tenho noção disso, e por isso mesmo tentei retribuir o mínimo possível, cheguei até a ser fria, porque não me queria envolver daquela maneira! mas sim, é pena que não baste saber

Lia disse...

mas sabes, é complicado, foram dois anos... mas irei tentar claro, sempre sem desistir.*

MARIANNE disse...

e como sabemos que é sentimento e não uma mera sensação? sou tão "inculta" neste campo!

Lia disse...

sim, eu sei. mas como disse não basta saber... e nós achamos sempre que sim, que basta saber que não nos podemos prender muito a eles, que basta saber que temos que nos amar mais a nós próprias, mas na verdade não basta saber. E agir é bem mais complicado, mas só vemos isso quando é necessário agir

MARIANNE disse...

pode ser que, um dia, eu sinta isso.

Lia disse...

irei ter em conta as tuas palavras sempre que o coração me trocar as voltas e me levar ao fundo. obrigada *

MARIANNE disse...

a mim já me estão a modificar e eu pareço ter medo disso, fazendo asneiras. olha como ficou o meu coração, tudo porque eu sou estúpida e tento-me proteger - mas não da maneira correcta.

Lia disse...

fico feliz por o saber* e ficarei!

MARIANNE disse...

o que se passa é que o meu passado não me larga. usaram-me, brincaram comigo e eu tento-me proteger, de que maneira for. encontrei o V, um rapaz espectacular, não tens noção, mas como lhe disse a ele "a tua perfeição assusta-me" e ... oh, tento sempre arranjar-lhe defeitos e fujo. explicando melhor: ontem à noite eu disse "gosto sempre de estar contigo. adoro. amo." e ele apenas disse "que querida". vi logo defeito aí, talvez porque esperava que ele me dissesse algo mais. mas é que eu não sou muito de dizer as coisas e quando digo ele podia dar mais valor, mas é só a minha opinião.

Lia disse...

és uma doce princesa

MARIANNE disse...

não é defeito, eu é que acho que é. pois ... eu não digo nada, mas isso é porque eu sou fechada e não consigo dizer o que sinto. nunca ninguém puxou por mim, percebes?

Lia disse...

irás ver, muito feliz :)

MARIANNE disse...

pois não ... mas eu acabei agora de lhe mandar mensagem, dei o braço a torcer e espero que fique tudo bem.

MARIANNE disse...

espero uma resposta dele, estou super nervosa!

Lia disse...

e ainda bem

ana disse...

é mesmo mariana!