9.1.12


«Não há luar como o de Janeiro nem amor como o primeiro.»

2 comentários:

cláudiagomes. disse...

gosto!
eu nunca me mostro verdadeiramente... é certo.

MARIANNE disse...

que grande verdade!