7.1.12

Escrever com o coração pode levar-nos a dizer coisas que não queremos, palavras a mais. Escrever com a cabeça pode fazer com que deixemos coisas por dizer, palavras a menos. O lado emotivo, apesar de nos poder colocar em perigo, dá-nos a coragem de que precisamos para agir sem medo.

24 comentários:

Alice disse...

Grande verdade!

Alice disse...

Não é mesmo querida :s

Alice disse...

Oh, pois não princesa, mas se isso a magoa :s

Alice disse...

Claro que magoa princesa, mas oh, eu só não a quero perder !

Alice disse...

Pois eu sei querida... É como a minha mãe diz: eu sou uma coração mole e preocupo-me sempre primeiro com os outros e só depois comigo :s

Ana Oliveira disse...

certo!*

ana disse...

que verdade doce.

Lia disse...

prometo que vou tentar princesa. e oh, acho que devemos escrever sempre com o coração

Alice disse...

Já não há muita a perder. Eu nunca a tive...

MARIANNE disse...

sabes o que é viver com alguém que te leva a pensar uma coisa mas, no fundo, ela não quer que isso aconteça?

MARIANNE disse...

a minha mãe está sempre a dizer "não sei como vou fazer para pagar a tua faculdade" ou "não tenho dinheiro" e olha, eu acabo por pensar em desistir e fazer-me à vida. estou sem forças.

MARIANNE disse...

não precisa de me estar sempre a dizê-lo, pois não? mas o que me doi mais é ela pagar as coisas ao meu irmão - é mais novo, é verdade - e a mim não.

MARIANNE disse...

ontem fui ao cabeleireiro e tive de ser eu a pagar, o meu irmão foi no mês passado e ela pagou-lhe.

anaf. * disse...

gostei !

segui (:

MARIANNE disse...

vai parecer estúpido tudo o que te tenho vindo a dizer ... tenho quase 20 e ele 15.

MARIANNE disse...

também sou eu quem paga essas coisas todas, menos os livros e o material que necessito para a minha educação. porque me achavas mais nova?

MARIANNE disse...

tu recebes mesada? só quando entrei na faculdade é que comecei a ter. (mas achas que a minha escrita é "infantil"?)

cláudiagomes. disse...

Falar das duas maneiras pode magoar. Por isso, não devemos pensar muito e escolher com a qual nos identificamos mais.

MARIANNE disse...

então como consegues pagar essas coisas? com o dinheiro que recebes no natal e nos anos? (talvez o coração seja bem mais novo que eu, até porque é ele quem escreve, comigo.)

MARIANNE disse...

tens os teus pais juntos? eu não e o meu pai pouco ou nada me dá.

wendy disse...

pois mas eu não ando certa, ando tão estranha. nem eu me intendo..

m. disse...

Gostei!

Maria Inês disse...

adorei, disseste tudo, mesmo! :)

Raymara Oliveira disse...

Verdade, flor..

Sigo-te.
Beijos.