8.12.11

As palavras querem jogar mais uma vez às escondidas. É sempre assim: quando eu preciso de falar, de me exprimir, elas escondem-se de mim. Por vezes eu descubro-as, fico a juntá-las, a tentar descobrir-lhes a razão, o verdadeiro sentido. Quando, por fim, chego a uma composição perfeita de palavras flutuantes, elas fogem, escondem-se de novo.
Foi por isso,é por isso que também eu me escondo por detrás de frases feitas e olhares vazios que ninguém tenta decifrar.

7 comentários:

paula maria disse...

está fantástico, adorei

APF disse...

vais ver que um dia essas palavras já não irão fugir de ti, porque simplesmente vai haver um momento certo.

patrícia disse...

diferente porquê?

chiara. disse...

that's right.

MF disse...

e no entanto, as palavras aqui estão! (:

mariana ; disse...

ás vezes não dá mesmo para aguentar querida!

chiara. disse...

depende dos casos. :s