9.7.11

uma carta levada pelo vento #2

avô,

Não imaginas o que me custa escrever-te esta carta, e ter de te saudar. Avô, dizem os laços de sangue, mas o que eu sinto por ti é algo indescritível, demasiado mau. Tão mau que nunca pensei conseguir sentir algo tão negativo por alguém da minha família.
Não sinto qualquer problema em ouvir os outros a falarem bem dos avós, a dizer que eles são os seus ídolos, que foram eles que lhes ensinaram as maiores lições de vida. Até me dá alguma vontade de rir. O assunto é bem sério, mas contigo eu aprendi exactamente o que não devo fazer, o que não devo calar, o que devo combater.
Agora entendo porque é que a minha mãe cortou ligações contigo. Agora percebo porque é que ela nunca me deixou estar a sós contigo.
Tu, "avô", violentaste a avó, deixaste-a sozinha no meio da guerra e disseste à minha mãe que ela tinha morrido, tu bateste na minha mãe e andaste por aí a violar pobres meninas que por serem pretas consideravas inferiores, e por isso tinham a obrigação de te satisfazer.
Tu és um porco, és uma vergonha. E hoje digo-te que só quero voltar a encontrar-te num cemitério, quando fores a enterrar. E não quero conviver contigo nem com as pessoas que sabem das crueldades que fizeste e não se importam, porque dizem que não as afecta.
Eu posso ser ainda jovem, mas digo-te, foste a minha maior decepção.

Até nunca mais,
Nána

52 comentários:

Gabriela ♥ disse...

Tens toda a razão querida :)

Bárbara Silva disse...

- vais ver que sim, vais mudar de ideias :b

Patrícia Amado disse...

também acho que sim! bem, que texto :o

Patrícia Amado disse...

é verdade!

Patrícia Amado disse...

podes crer! pensamos sempre que o mal não acontece a nós e afinal..

Cora disse...

Um vaso quebrado nunca mais será o mesmo, sempre faltará um caco!
Ao menos pode desabafar!

beijos.

ac disse...

estou parva da minha vida , mesmo :s
fizeste bem , eu por acaso gosto pois dá para controlar um pouco :o

ac disse...

mas inveja de quê , meu bem ? :x
não há motivos para inveja :s
mais vale prevenir que remediar ahah

carina, disse...

fiquei a olhar pra este texto, tipo :o
obrigada mas.. aperto no coração, não sei se isso é bom então :l

carina, disse...

sim fiquei um pouco 'chocada', se é assim que se pode chamar.. pois pensamos sempre que só acontece aos outros :l
é mas nada que eu não aguentar mais, afinal, o meu papel é sempre este, 'ser forte', e não posso deixar de o ser.

carina, disse...

oh mariana, lutar por mim ? eu estou farta. só queria que ele não fosse assim, que soubesse dar valor a quem realmente gosta dele e não a elas. mas eu estou decidida, nem que me esfole toda, mas eu desta vez não vou cair, vou apagar o blog, e sei que desta vez vou conseguir esquecê-lo.

carina, disse...

é, sabes porquê ? porque enquanto eu tenho este blog activo, tudo o que escrevo é a pensar nele, e quando vou para escrever, não consigo pensar noutra coisa. talvez por isso os textos sejam tão sentidos. e eu não quero. eu quero sempre escrever mas se para isso implica pensar sempre nele, não quero, não é assim que o vou esquecer, eu sei.. quero cortar o mal pela raiz. e tu, foste uma grande ajuda neste blog, foste das mais presentes, se não a mais presente, e ajudas-te muito, foste sempre dando força. obrigada por tudo mesmo!

R. disse...

Obrigada Mariana! :D

carina, disse...

oh <3 exactamente por já ter passado por isto é que já sei o que me espera e já sei como é, isto cansa uma pessoa. mas um dia prometo que volto:) e se precisares de algo e eu não esteja no msn, manda mail mesmo!

Jú S disse...

mas está a passar-se alguma coisa, além da distância? :x

Jú S disse...

ai, acredita que te entendo perfeitamente! também tenho fases assim.. mas vais ver que tudo vai passar meu amor *
o que importa é que tu sabes que ele te ama, e os rapazes são assim mesmo querida, dificilmente nos dizem ou mostram que estão a sofrer tanto como nós!

Jú S disse...

eu sei, eu percebo isso, acredita! quantas vezes eu não me pergunto se ele me ama mesmo, porque às vezes não parece. mas depois ponho-me a pensar, e eles não ganhavam nada em estarem connosco se não gostassem mesmo de nós! e é nisso que tens que pensar minha querida. se eles não gostassem mesmo de nós não aguentavam uma relação assim *

Jú S disse...

sim... perfeitamente. sabes, eu habituei-me a viver com isso! eu não posso mudar a maneira dele ser, mesmo que me custe aguentar todo este tempo assim, e acredita que há momentos que deixo de acreditar em tudo, mas arranjo forças em mim porque sei que quando estiver com ele é diferente, ele aí mostra-me que me ama *
quanto a ti meu amor, já lhe disseste isso?

A'S disse...

Petrifiquei ao ler o que escreveste. Nada mais a acrescentar :S

Jú S disse...

pois, tens razão. mas sentes que ele não se esforça o suficiente ou que ele esforça-se mas não consegue?

A'S disse...

isso tens toda a razão, e muitas vezes vem de quem nem se quer tinha o direito de o fazer!

Jú S disse...

oh princesa, distrai-te, esse é o melhor remédio! sai com os teus amigos, diverte-te e vais ver que aos poucos essas dúvidas vão-se embora! tenho a certeza que ele gosta muito de ti, e vai saber acalmar-te, com o tempo :)

márcia morello disse...

e quando nos pede desculpa e volta a fazer a mesma coisa? e quando diz que nos quer, mas que a cabeça não controla os problemas? fogo mariana, custa tanto :c

márcia morello disse...

lá nisso do abanão, concordo plenamente contigo... não podemos ser sempre coração de manteiga

márcia morello disse...

estás na mesma situação?

márcia morello disse...

pois, então entendes-me. se calhar é mesmo preciso um abanão.

márcia morello disse...

sim, estou. ele é a pessoa mais querida e amorosa que conheço, mas tem imensos ciúmes! eu antes tinha "muitos" amigos, e ás vezes eles mandam-me mensagem e eu nem sequer respondo, e se eu não lhe disser que eles me mandaram mensagem ele fica chateado comigo! e diz logo "vai lá falar com os teus amigos, não gostas tanto deles?" fogo é injusto. deixei de falar com quase todos eles, aliás todos mesmo desde que namoro com ele, e ele por vezes vem enfrentar-me com coisas do passado e rebaixa-me tanto..

márcia morello disse...

pois é, tens razão. tanto é que eu agora lhe disse "não aguento mais, e digo-te, vai haver um dia em que tal como tu, não vou medir as palavras e acabo com isto de uma vez por todas"
e ele: não acabes comigo, pára por favor :'c
e agora disse para o deixar estar, porque está mal. temos pena, eu também estou mal, e a culpa é toda dele! se agora está assim é por causa dele. oh. o pior é que ele lê o meu blogue, e vai ler o texto, ainda se vai chatear mais (ou não) mas não quero saber.

joanarocha disse...

muito obrigada querida (:

márcia morello disse...

eu sei, tens toda a razão. obrigada pelo apoio :) *

márcia morello disse...

obrigada :) vou dando-te novidades*

carina, disse...

mesmo se ficasse, (que ainda não estou bem convencida a apagar isto, custa, confesso), não iriam haver desses textos lindos, só se fossem inventados, como são maior parte deles, só que são escritos a pensar nele. tu sabes. PROMETO que volto:')

Bárbara Silva disse...

- é tão estúpido !
é coisa do outro mundo :o

carina, disse...

como?

carina, disse...

e resistir? :o

carina, disse...

mariana, ele acabou de me ligar a perguntar porque o mandei à merda na outra chamada e depois desliguei :o ahah

carina, disse...

pois eu atendi. e simplesmente disse-lhe que estava farta dele. tratei-o mal. tal e qual como ele merece. e ele desliga mandando beijinho a fazer-se de vitima!

carina, disse...

foi exactamente isso que eu lhe disse, ficou bastante chocado por eu o ter mandado à m*, comparado com aquilo tudo que ele já me fez, incluindo traições etc, não é nada. omg. pra mim isto acabou.

carina, disse...

tu não fazes ideia, ele uma vez disse-me que precisava de um tempo(sem falar cmg), que estava indeciso entre mim e outra, e no dia a seguir, no fb ele a falar com ela, como se fossem namorados. com conversas pessoais mesmo. oh.

carina, disse...

fez 17 à pouco. e está habituado a que andem todas atrás dele. simplesmente fui mais uma, percebes? eu sei disso, mas eu gosta(va) dele, e ainda acreditava, não sei :l

carina, disse...

pois não, eu sei.. enfim, agora acabou.

carina, disse...

será?

carina, disse...

como já passei por isto várias vezes, já sei como é.. só nestes primeiros dias é que custa, porque vou andar a pensar nisto tudo..

Patrícia Monteiro disse...

o que escreveste aqui deixou-me quase em choque, foste muito forte para conseguires escrever tal coisa ;s
(recomendei o teu blogue no meu, espero que não te importes :D)

márcia morello disse...

sabes o que ele disse quando viu o texto?
mandou-me logo mensagem a dizer: "acusar-me no blog? uui, tás tão mal agora!"
fogo a sério, hoje fazemos 3 meses. eu perguntei-lhe se iamos estar juntos e ele disse "nao sei" LOL? agora depois de enviar essa mensagem desligou o telemóvel. enfim... estou tão mal.

simple writer disse...

muita força minha querida.

márcia morello disse...

oh, fogo. deitei tudo a perder. até agora ainda nem ligou o telemóvel, lol.

márcia morello disse...

pois Mariana, mas ele é TÃO orgulhoso, que tu não fazes ideia. até ele o admite. e quando eu digo 'não podes ser assim, tens que deixar o orgulho de lado'... ele diz que não consegue!

márcia morello disse...

oh, obrigada por quereres continuar a seguir*
sim, é :)

carina, disse...

exacto :l

carina, disse...

é tão difícil continuar a ignorar. mas desta vez vou aguentar tudo o que tenho para aguentar, sim. até porque eu sei que ele vai facilitar isto tudo e nunca mais me vai falar. porque eu ao ter-lhe falado mal - o que nunca consegui fazer - foi mesmo para ele não me falar mais.

ana disse...

ai muita força, por favor mariana :$