26.6.11

uma carta levada pelo vento #1

Muitas pessoas têm vindo a publicar histórias inventadas ou não. Mas nunca me identifiquei muito com esse tipo de escrita. Não gosto de descrever vidas, paisagens, momentos. Prefiro viver e contar-vos o que vejo viver. Por isso me identifiquei tanto com a ideia da Isabel do blog De olho na vida. As personagens são criadas, algumas das situações são imaginadas. Outras, porém, relatam a realidade que rodeia cada um de nós. São cartas levadas pelo  vento.

Dou por mim deitada na cama, embrulhada nos lençóis amarrotados que quase me cobrem. Não tenho a certeza se estou de facto acordada, ou se é mais um dos delírios que ultimamente são mais que frequentes.
Imagino que já me livrei de ti, de cada frase dita por ti em momentos de amor puro (que, vai-se a ver, de puro tinha muito pouco), de cada mudança que despoletaste em mim, pelo simples facto de teres existido e de me teres feito amar-te.
Sim, eu amei-te. Talvez já nem te ame. Não, não te amo. Não te amo desde o dia em que me fizeste ver que não servia para ti. Que era fraca. Que era repugnante. No momento em que caí na realidade, o meu mundo abalou. Falso pudico. Isso sim, era o que tu eras. Disseste-me que era amor o que sentias por mim. O amor puro. Idealizado. Idolatrado, talvez. E foi isso que mais me meteu nojo em ti, quando percebi quem realmente eras. Eram precisas essas artimanhas todas? Não, não eram.  Não naquele momento, em que estava perdida de amores por ti e que sentia que eras o ideal para me entregar.  Mas não o fiz, ainda bem que não cheguei a esse ponto.
Parei a meio. Parei antes de trilhar um caminho húmido e sombrio. Parei, porque não te quis amar demasiado. E ainda bem que o não fiz.
Ah, e eu já não te amo.

Já sem amor,
Carolina

49 comentários:

Renata disse...

nao, eu e que estou a dizer xb*

carina, disse...

isso mesmo!

Renata disse...

lol, ta mt lindo (:

carina, disse...

aha e então estava boa? (:

joanarocha disse...

vou mesmo fazer isso!

Renata disse...

de nda minha liiinda :)

carina, disse...

se calhar estavas (a) a que praia foste?

Marcela disse...

Tem horas que as pessoas não conseguem esconder quem realmente são e suas máscaras caem.
Ainda bem que isso acontece.

bjs

mariana f. disse...

adorei.. de onde é? foste tu?

andreia disse...

ainda bem que te orgulhas de quem és realmente, há pessoas que não gostam delas mesmas e estão sp a rebaixar-se sozinhas :s

carina, disse...

oh sortuda também :c eu fui a peniche na quinta (a)

andreia disse...

exacto. na verdade, acho que no geral toda a gente é assim, nem sp esta tudo bem connosco e como tu dizes «há dias e dias» pode estar ou nao estar xs

andreia disse...

olha, para te ser muito sincera, a maior parte do meu tempo estou sempre a rir-me, mas isso não quer dizer que realmente esteja bem, estou sempre mal, tudo me corre mal :s

carina, disse...

fogo os meus também! por isso é que foram na quinta, porque era feriado aqui. é +/-, na altura estava muito vento, mas a vista é tipo linda, o mar é que é esquisito x)

andreia disse...

nem eu sei o que se tem passado comigo, em casa, tudo está mal, a andreia é sempre a culpada de tudo -.-
na escola, vá que não vá, as notas foram óptimas, mas depois vem o GRANDE problema: rapazes, aaai que nervos -.-

andreia disse...

estou sempre mal que até ja chateia -.- eu sei disso :s

carina, disse...

a mim também, já devem estar tão habituados a estar sempre no mesmo sitio que já nem se dão ao trabalho de viajar. odeio. odeio estar em casa muito tempo seguido. tipo, aquilo quando se entra, a água chega-te logo à cintura ;x

jezebel disse...

quem não adora baby? :D

andreia disse...

mas em casa, tudo o que eu faço está sempre MAL :s

rita disse...

sim , e sabes eu mostrei-lhe o texto :'D

andreia disse...

sim eu entendo tu também es mais velha nao ? deves ter mais experiencia de vida do que eu xs
tens facebook ?

rita disse...

olha o que ele respondeu "Gostei muito e espero mesmo que eu fique no teu coração, porque tu já estás no meu xD" O:

andreia disse...

pensei que tivesses :o

andreia disse...

sim, nao tens ?

Patrícia Amado disse...

obrigadaa!

andreia disse...

mas nao gostas é ? :o

andreia disse...

conheço mt gente como tu (:

carina, disse...

eu vou de vez em quando a coimbra ou a leiria às compras e já é c muita sorte (a) mas cá na figueira as praias não são assim xd

andreia disse...

também nao tens que te sentir, aquilo so tem quem quer (:

andreia disse...

ahahaha 8)

carina, disse...

tens que os convencer a ir dar um passeio!, só que nós queremos ir a um sitio e eles a outro :s és de onde? (:

carina, disse...

mesmo :s isso é onde? aha

carina, disse...

ah xd bem fixe

carina, disse...

não é? :o

angélica disse...

tens alguma coisa contra o numero de postagens que eu faço ? x) MACACA!
eu sei fofinha, e novidades ?! (a)

rita disse...

não sei , sei que comecei a chorar :c

MAILSON FURTADO disse...

Quanta melancolia...

Encontrarás alguém que te mostre novamente teu lado alegre!

Isabel disse...

É bom saber que existem pessoas que interessam-se pelas minhas ideias mas, melhor ainda é que não as copiam e sabem pedir a sua devida autorização. Gostei muito da tua atitude!
Não me importo absolutamente nada, podes fazer à vontade desde que refiras como disseste o nome do meu blog ou autora da ideia (que sou eu, não é) :b *

carina disse...

gosto muito linda, força *

Jú S disse...

que lindoo! **

angélica disse...

pronto atão --, :o

carina, disse...

é? pensava completamente o contrário!

Jú S disse...

acreditaaa :)

angélica disse...

uuuuuuuuuuuuuuh, explica-me isto, são textos inventandos, inspirados em pessoas que conheces ? :o (a)

angélica disse...

porque me interessa saber x'D

angélica disse...

um história de terror x)

carina, disse...

não sei, como é uma cidade, e as cidades são mais movimentadas normalmente xd

carina, disse...

então, quando fores maior de idade, mudas não? xd

jezebel disse...

pois, também eu :D