20.6.11

por conta própria


Sábado cheguei a casa depois das duas da manhã. Não estive com os meus amigos, não fui a uma festa, mas mesmo assim vim feliz.
Vim da loja da minha mãe. Melhor dizendo, vim do SPA da minha mãe. Ela esteve a trabalhar até essa hora, e eu fiquei com ela.
É um projecto recente, mas mesmo assim eu sinto-me orgulhosa dela. Não pelo facto de ter uma"faz tudo" por minha conta. Não são as unhas de gel, os tratamentos de rosto,  as massagens e etc que me fazem sentir feliz em vê-la a trabalhar.
É sim o orgulho em saber que ela, aos seus 40 anos, teve coragem para tirar um curso profissional para abrir um negócio e ter a profissão de que sempre gostou. O empreendorismo, a coragem, a luta.
Agora mamã, eu vou ajudar-te em tudo. Não pelo dinheiro, pelos tratamentos, não para receber algo em troca. Mas eu quero ver-te realizada, a sorrir e dizer eu faço o que gosto.

7 comentários:

Catarina. disse...

felicidades para as duas e para o negocio. $:

andreia disse...

sim eu sei disso (:
é sp bom estarmos orgulhosos da nossa mae e fico contente por ti e por ela (:

andreia disse...

e a tua mae tb deve estar mt orgulhosa, es uma filha linda e cheia de ambiçoes (:

• Cɢ disse...

linda filhota :')

Patrícia Monteiro disse...

acredita que não parece mesmo real, hoje de manhã até me assustei e só depois é que pensei que já nem aulas tenho xD
estou demasiado habituada aquela rotina o:
este texto está mesmo lindo, espero que a tua mãe tenha muita sorte (:

joanarocha disse...

muito obrigada pela força Mariana *.*
e eu se fosse a tua mãe, estaria muito orgulhosa de ti. o que escreveste aqui, está fantástico e mostra a linda filha que tu és *.*

• Cɢ disse...

ainda bem que concordas <3