7.5.11

jogos de azar



{Esta história e as personagens são ficção. Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência.}

É desta. É desta que desisto, largo a tua mão e vou embora. É desta que me livro de ti e de todo esse teu cinismo hipocritamente disfarçado. É desta que te digo tudo, é desta que não sobrevives. Mereces que me desfaça em acusações, críticas e violência. Mas para quê?, se me provocas tanto e depois, aquando da minha explosão após tanto ter calado, sorris com esse ar hipócrita de quem venceu um jogo pela margem mínima.
É nessa palavra que tu resumes a tua vida, não é ? Num jogo.  Um jogo controlado por ti, não só por mérito mas também por batota. És o às do poker, com esse teu ar de bluff barato. Pensas que controlas tudo, não pensas? Pensas que és tu quem lança os dados, quem escolhe as regras.
Pois então digo-te que estás bem enganado. Habituada a esses joguinhos estou eu. Gente como tu fez parte do meu passado construtivo. Conheço cada sorriso, cada palavra, cada gesto. Entendo cada silêncio das pessoas que como tu julgam comandar tudo o que os rodeia.
Escolhes as regras e lanças os dados? Parabéns então. Mas quem mudou as regras a meio do jogo fui eu, e agora quem sofre a consequência és tu.
 Estás num dilema: não sabes se foi erro teu ou se foi consequência do teu óptimo jogo. Deixa estar, isto para mim também é um jogo, e quem ganhou fui eu. Tu foste mais uma experiência, mais uma prova de que as minhas teorias estavam certas. Ganhei eu, porque ainda não te esqueceste do jogo de azar que foi o nosso amor.

37 comentários:

DianaPereira* disse...

Eu também já estava para o começar à algum tempo x)
Mas há algumas que vou passar à frente, apesar de ser um desafio :$

joanarocha disse...

é mesmo -.-

R. disse...

Adorei o teu texto ! Está mesmo «Afirmativo!».
Obrigada por tudo e por teres lido. E sim, estou-me a marimbar se o teclado do meu computador fica a arder. Enquanto eu tiver que escrever, escreverei.*

carina, disse...

adoreeeei mariana, omg

joanaf disse...

oh, que fofinha *-*
sim, quando algum amigo meu está com problemas eu simplesmento esqueço os meus para o tentar ajudar... :s e de certeza que tu fazes o mesmo...

Maria Inês disse...

passou-se que me estive com ele à uma semana, deixei-me levar por ele. deixei que ele me abraçasse, me beijasse e me roubasse o coração outra vez. e no dia a seguir disse-me que não queria, para esquecer aquela noite... basicamente, foi isso. :x
adoro o teu texto, está lindo* obrigada!

• cláυdiaӘomes. disse...

adoroooo *
tens que ter paciência minha menina, as coisas vão melhorar, vai ficar tudo bem <3

mariana capante. disse...

adorei !
sigo *

simple writer disse...

num jogo há sempre um que ganha e outro que perde :) é sempre assim. gostei muito :D

Sofia Guedes disse...

adorei, escreves mesmo bem o:

amota disse...

existe sp a parte boa e a parte má da história ;
gostei da história, há continuação ? :o

Ana disse...

é mesmo, temos que tentar parecer sempre mais fortes que o "inimigo", mesmo que por dentro saibamos que não o somos..

ana disse...

lindo mariana ! (:

carina, disse...

de nada, :)
também concordo, especialmente, com essa parte!

Jú S disse...

é mesmo como dizes mariana :s
obrigada!!

Sofia Guedes disse...

de nada!
o que é que achas um exagero? o:
espero mesmo que fique comigo, para sempre (:

ana disse...

mas a fotografia está chocante :o
estou indo meu doce, e tu? :))

simple writer disse...

um dia todas essas pessoas serão vencedoras :)

carina, disse...

claro até porque a menina mariana tem sempre razão (a)
é isso mesmo, finalmente o meu ar está respirável :)

simple writer disse...

claro que sim :) temos todos o direito a sermos felizes

Mariana disse...

obrigada meu amor ;)

carina, disse...

pronto :p
sim vou tentar que não se torne irrespirável, novamente :)

ana disse...

concordo tanto contigo !
ainda bem :)
mas passa-se algo ? :s

joanaf disse...

ainda bem, há quem diga que a paixão é 'melhor' que o amor, eu nao acho...
pois :s

DianaPereira* disse...

e há algumas que fazem recordar o passado e eu não quero :$

Sofia Guedes disse...

mas é verdade, escreves mesmo bem (:
eu acredito nisso, não tenho duvida nenhuma de que ele ficará comigo para sempre (:

joanarocha disse...

tens toda a razão minha Mariana. ele ensinou-me que posso ser feliz sozinha e que sou forte o suficiente para alcançar tudo o que quero! e muito obrigada por sempre me apoiares *.*

A verdade nua e crua disse...

quando tudo é encarado como jogo, se torna mais fácil né?
Mas pra quem? ou pra quê?
talvez se a gente soubesse quanta coisa a gente perde por não se deixar ser só mais um pouquinho vuneravel!
;D

Bárbara Lira disse...

aawn mariana, pelo menos do jogo do azar ele não esquecerá.


um beijo

hayley bellamy disse...

tá mesmo giro o texto

Maria Inês disse...

de nada, mariana, obrigada eu :)
e eu vou (con)seguir , tenho a certeza! :) *

Jú S disse...

eu espero mesmo que siim!
tá bem querida :D

Dommin disse...

Bom ainda bem então que não causo a morte de ninguém :D

R. disse...

Mais um selo para ti no meu blog. (:

Ana disse...

Também acredito que sim, Mariana *

amota disse...

mas se tu tentares nnc saberás, pode se que tenhas uma surpresa em relação a ti mesma e assim pode ser que te vás descobrindo e que as tuas historias podem ser mesmo boas, ou seja, o que eu estou a tentar dizer é que se nao tentares nnc saberás que podes ter talento e pode ser tarde demasi ;o

• cláυdiaӘomes. disse...

obrigada minha mariana por me teres desejado boa viagem!