8.2.11

«Escrevo. Escrevo que escrevo, Mentalmente, vejo-me a escrever que escrevo e também posso ver-me a escrever que escrevo.Recordo-me já escrevendo e, também, vendo-me que escrevia. E vejo-me recordando que me vejo a escrever e recordo-me vendo-me recordar que escrevia e escrevo vendo-me escrever que recordo ter-me visto escrever que me via a escrever, que recordava ter-me visto a escrever que escrevia, que escrevo que escrevia.Também posso imaginar-me escrevendo que já tinha escrito que me imaginaria escrevendo que tinha escrito que me imaginava escrevendo que me vejo a escrever que escrevo.»
El Grafografo de Salvador Elizondo 

Porque a minha vida acaba por ser isto. Escrever, escrever que escrevo, recordo-me escrevendo e recordo-me do que escrevo. Porque a escrita alivia, ajuda e acompanha todos aqueles que dela necessitam.

8 comentários:

carina gonçalves disse...

sim querida, adoro escrever e torna-se num dos meus refúgios* :') gostei imenso deste post*

juca ♥ disse...

aww, que linda, muito obrigada ♥
a tua opiniao, é sempre bem vinda princesa. eu acredito que um dia esse heroi vai chegar !

juca ♥ disse...

p.s: vou seguir (:

juca ♥ disse...

tambem acho que sim querida, com o tempo tudo se consegue (:

juca ♥ disse...

muito obrigada (:
tens toda a razao *.*

juca ♥ disse...

awww, é claro que tenho.

Patrícia Monteiro disse...

oh, obrigada +.+
sabes que por vezes há coisas que fartam e mais vale mesmo recomeçar tudo de novo :)
adorei o teu post +.+

carina gonçalves disse...

eu gosto imenso do teu! *-*