14.1.11

o teu orgulho


Hoje, apetece-me mostrar-te quem sou. Disseste-me ainda há pouco para ser eu própria, e vou sê-lo. Há uma palavra que sempre me marcou muito, é o orgulho. Tu sabes que eu sou orgulhosa, sempre fui. Admitir erros não é comigo, pedir desculpa também não, e perdoar, isso nem se fala. Não é que me veja como perfeita, tanto não me vejo como tal que tenho a noção que ser orgulhosa não é uma qualidade.
Há outro sentido para a palavra orgulho, é ter orgulho em alguém. Eu tenho orgulho em ti, e eu sei que tens orgulho em mim. Se calhar não tens, mas pelo menos sei que já tiveste. Sei que errei, sei que errei muito. Sei que foram os meus erros que te magoaram. Consecutivamente. Mas sabes, hoje parece-me um bom dia para quebrar este ciclo. A partir de hoje vou voltar a ser eu própria, por inteiro.
Somos duas pessoas que têm um passado partilhado, mas o que eu quero mesmo é que o meu futuro seja contigo. Sei que errei, que te magoei e que fiz com que tivesses vontade de simplesmente apagar-me da tua vida.
Isso vai mudar, garanto-te que se já não tens, vais voltar a ter orgulho em mim.
Sim, o texto é para ti. Podes não o ver hoje, mas sei que mais tarde ou mais cedo o vais ver. Não preciso que comentes comigo algo que ele diga, não quero que me perguntes se é para ti. Lê, simplesmente. 

4 comentários:

silviafreitas. disse...

Admitir erros também não é comigo :x
E essa palavra 'orgulho' é mesmo marcante; coisa que muita gente a utiliza sem sentido.
E sim tens mesmo razão o homem parecia mesmo idiota.

silviafreitas. disse...

Não vale a pena...

silviafreitas. disse...

Pois, mas para tentar também tem de ser querer.

silviafreitas. disse...

Tenho.