23.1.11

balanço

De vez em quando, todos nós devemos fazer um balanço da nossa vida. Pensar no que queremos mas ainda não conseguimos, no que até não queríamos mas conseguimos alcançar. Às vezes não temos tudo aquilo que amamos, mas devemos amar sempre tudo aquilo que temos. 

«Pedes-me um tempo,
para balanço de vida.
Mas eu sou de letras,
não me sei dividir.
(...)
Pedes o mundo
dentro das mãos fechadas
e o que cabe é pouco
mas é tudo o que tens.
Esqueces que às vezes,
quando falha o chão,
o salto é sem rede
e tens de abrir as mãos.
(...)
Pedes-me um sonho
para juntar os pedaços
mas nem tudo o que parte
se volta a colar.»

15 comentários:

silviafreitas. disse...

Mas por vezes o tal balanço é um pouco dificil de fazer, porque custa não ter aquilo que mais desejamos...

silviafreitas. disse...

Nisso tens toda a razão.

silviafreitas. disse...

Tenho de arranjar um assunto interessante :s

silviafreitas. disse...

:D

silviafreitas. disse...

É mesmo chato e incomodativo. Algumas pessoas ganham louros á custa de outras.

silviafreitas. disse...

Pois... a humanidade é mesmo assim :|

silviafreitas. disse...

Visto dessa forma tens razão.

silviafreitas. disse...

Pois existe; mas isso também é tudo relativo.

Ana disse...

Tens toda a razão :)

Patrícia Monteiro disse...

tens sempre razão naquilo que dizes, e obrigada pela tua opinião, é sempre importante para mim :')

Patrícia Monteiro disse...

António Feio será sempre um grande Homem português, o grande exemplo de força para muita gente :')
tu também escreves muito bem, sem dúvida alguma :D

Ana disse...

Dá mesmo :)

Ana disse...

Tens toda a razão, repete-se imensas vezes mesmo...

Patrícia Monteiro disse...

acredita que já estive mais longe de não ter mesmo uma overdose de pensamentos -.-
há pessoas que nos deixam com a cabeça assim s:

Patrícia Monteiro disse...

ainda bem que gostaste :D
tens razão, o que se tiver de resolver, resolve-se por si, pelo menos tenho a consciência limpa, porque sei que essa pessoa já leu o texto (: